Centro de Eventos de Balneário Camboriú e de Canasvieiras - Santur fará gestão temporária

A Santur assumirá de forma temporária a gestão dos centros de eventos de Balneário Camboriú e Canasvieiras, enquanto o Governo de Santa Catarina trabalha na finalização dos estudos de concessão à iniciativa privada. A entidade formará uma equipe técnica para gerenciar a captação e o agendamento de eventos nas estruturas. A previsão é que a contratação dos profissionais seja feita no início de maio e que, a partir de junho, seja iniciada a captação de eventos e agendamento para realização a partir de junho de 2020. No caso de Balneário Camboriú, que se encontra em obras de acabamento (instalação de divisórias, elevador e climatização), a equipe fará contato com as empresas que já demonstraram interesse em realizar eventos para alinhamento.

 

Centro de Eventos de Balneário Camboriú e de Canasvieiras - Santur fará gestão temporária
Flávia Didomenico – Foto: Divulgação ASCOM

 

“É uma solução que atende aos anseios de todo o trade de turismo, tanto de Balneário quanto de Florianópolis, para darmos uma destinação adequada a ambos os equipamentos”, afirma a presidente da Santur, Flavia Didomenico.

 

Finalizado em 2018, um estudo de viabilidade mostrou que a concessão à iniciativa privada é a alternativa mais viável. No entanto, uma comissão revisa as premissas de mercado apresentadas nesse documento, diante do atual cenário político e econômico, visto que elas interferem nos valores finais de outorga.

Finalizado em 2018, um estudo de viabilidade mostrou que a concessão à iniciativa privada é a alternativa mais viável. No entanto, uma comissão revisa as premissas de mercado apresentadas nesse documento, diante do atual cenário político e econômico, visto que elas interferem nos valores finais de outorga. “Temos ciência de que esses equipamentos trarão um inegável impacto econômico ao nosso Estado e trabalhando em parceria com os municípios e com o trade, faremos uma gestão técnica e especializada”, afirma a presidente.

Leia ainda:  Proibição de cobrança por bagagem é aprovada pela Comissão Mista do Congresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *