Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor

ONDE ESTÁ A LIBERDADE DE IMPRENSA? 

O embate ideológico que se estabeleceu no país com o fim do governo Lula/Dilma e a eleição para presidente de Jair Bolsonaro tiveram no ano 2020 um combustível ainda mais inflamável – a pandemia. Famílias, amizades, empresas, relacionamentos foram afetados frontalmente. E os veículos de comunicação, analógicos ou digitais, também.  A população em geral foi impelida a esse ringue óbvio, a essa bipolaridade quase imbecil, como se a vida fosse preta ou branca, vermelha ou azul.
Jornal segmentado diário, comprometido em noticiar, nosso conselho editorial tem optado, ao longo dos 16 anos de veiculação ininterrupta, pela divulgação de todas as vertentes da economia brasileira. Não importa se possuem – como muitos devem saber – interesses políticos subliminares, sejam eles de direita, de esquerda, de centro ou coisa que o valha.
Veicular publicidade do governo de São Paulo ou do governo federal – como já veiculamos e ainda há peças no ar – não nos faz partidários ou signatários de governos, bandeiras, opções políticas ou ideológicas.
No entanto, não é o que pensa (pensa?) o senhor Vadis da Silva, criador da plataforma Gestour Turismo. Aludido senhor, que integrava o grupo de whatsapp do DIÁRIO DO TURISMO – dedicado a ser fonte de debates e discussões relacionados ao segmento de turismo brasileiro – por três ou quatro vezes infringiu as regras estabelecidas. E foi, educadamente, excluído do grupo por publicar assuntos alheios ao cerne de interesse da maioria. Essa ação foi referendada por mais de uma dezena de integrantes.
Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor
Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor

Esse senhor, em vez de reconhecer seu erro, e se desculpar, já que era reincidente, enviou uma sequência de palavras grosseiras ao editor do DT, jornalista Paulo Atzingen, que não só o agridem profissional e pessoalmente, como agridem as pessoas, colaboradores, amigos e parceiros que acreditam no jornal e sua independência.

Ao ser excluído, o senhor Vadis escreveu no privado:
“Que pena. Você entra para a ditadura por conta de uns tostões. Que falta de caráter. Que falta de hombridade. Que falta de espírito democrático. Falta de princípios. Me envergonha ver pessoas levianas desta forma. Brinde com seus tostões. Tostões de imprensa marrom. Que quer ganhar dinheiro vendendo informação chapa-branca, travestido de jornal”.
O Sr. Vadis da Silva, por ser excluído de um grupo social, expõe a sua mais profunda ira justamente a um jornal que mais de uma dezena de vezes deu espaço para o seu projeto da Gestour. Enquanto fomos úteis a ele, nada mais importava.
O Sr. Vadis da Silva, de uma só tacada, misturou questões políticas, pessoais e de natureza ética e moral – simplesmente porque nosso jornal veicula uma campanha da Embratur.
O que o Sr. Vadis não sabe é que por sermos indicados como mídia de campanha, temos além de um tempo de vida razoável trabalhando para o turismo brasileiro (para a direita, para o centro e para a esquerda implícitos em empresas, instituições, ongs e terceiro setor), somos um jornal que preza, sim, questões subjetivas, como a democracia, os princípios republicanos, o bom jornalismo, a boa edição, o profissionalismo em busca de sua excelência. Acrescido a isto, temos um contrato com a agência de publicidade de governo de entregar o que prometemos. Temos números reais, aferidos por um sistema de contagem e métrica.
Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor
Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor
O Sr. Vadis diz para brindarmos com nossos tostões. Não sabemos as referências que ele tem para milhões e tostões. Mas uma coisa é certa. Honraremos até o último centavo pelo trabalho que nos foi delegado e não temos vergonha nenhuma em aceitar uma missão que nos fez jus, mesmo se ela não esteja na casa dos milhões. E por último, Sr. Vadis – com esses tostões que ganharmos iremos honrar nossas contas e não dar calote na praça.
Paulo Atkzingen – Editor do Diário de Turismo

Matéria original Diário do turismo

Leia ainda: Ocupação hoteleira durante o carnaval ficou muito abaixo da expectativa

Desafeto ataca Diário do Turismo e agride seu editor
turismoonline.net.br – O portal do turismo, hotelaria, gastronomia, cultura, destinos e viagens – Anuncie aqui: colunaonline@gmail.com

Siga este jornalista e fotógrafo no Instagran: @jeff_severino

No Youtube também!
Fotos: Divulgação / Jefferson Severino / Assessorias de Imprensa / Arquivos Pessoais
Fonte: Assessorias de Imprensa

Leia mais:

Ocupação hoteleira durante o carnaval ficou muito abaixo da expectativa

Hotelaria vem sofrendo e alerta para falsos perfis nas redes sociais

Rede hoteleira fortalece Florianópolis como destino turístico seguro

Viva intensamente o Brasil – A hora e a vez do turismo doméstico

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *