Dia do Exército Marca Evento "Entre Amigos", em Roma. A união entre Brasil e Itália vem de longa data. Os soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que participaram da libertação do país europeu na Segunda Guerra Mundial, foram homenageados, nesta quinta-feira (20), durante o festival "Entre Amigos",

Na Embaixada, representantes da Embratur, das Forças Armadas, do Itamaraty e do MTur acompanharam as homenagens aos pracinhas

 

Equipe da Embratur e do Ministério do Turismo no estande do Brasil em evento na Itália

A união entre Brasil e Itália vem de longa data. Os soldados da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que participaram da libertação do país europeu na Segunda Guerra Mundial, foram homenageados, nesta quinta-feira (20), durante o festival “Entre Amigos”, na Embaixada Brasileira em Roma. O evento tem como objetivo, além de celebrar esta amizade entre os dois países, fomentar a vinda de turistas para o Brasil.

Nos últimos anos, o número de turistas italianos que vão ao Brasil caiu. O patamar que em 2012 e 2013 era de 230 mil visitantes, caiu para a casa dos 170 mil no ano passado.

“O Entre Amigos é uma grande oportunidade para a divulgação do Brasil na Itália. A Embratur trata o mercado italiano como um dos principais no continente europeu, e precisamos fazer com que a chegadas destes turistas volte a crescer”, afirmou Gilson Lira, diretor de Inteligência Competitiva da Embratur. Os destinos vizinhos ao Brasil têm crescido e “países como Argentina e Peru têm aumentado os investimentos mirando estes turistas da Europa. Nós devemos promover as mudanças necessárias para ainda ser competitivo no mercado sul-americano”, completou o diretor Lira.

“A ligação da Itália com o Brasil é histórica. Temos movimentos de imigrantes, esta batalha ela liberdade durante a Segunda Guerra Mundial, e todos os traços culturais que trocamos durante estes muitos anos”, declarou o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz no evento.  “Os italianos têm grande afeição por nosso povo e pelo nosso país. Não devemos medir esforços para que essa relação seja cada vez mais fraterna”, completou o ministro.

Na ocasião, houve condecoração de militares, além de representantes das forças armadas de todo o mundo. Inclusive, alguns dos representantes do Exército Brasileiro estavam fardados com vestes que reproduzem o uniforme utilizado pela FEB, durante a presença brasileira em solo italiano, na Segunda Guerra Mundial.

Mudanças no Turismo brasileiro estão em curso

Está em votação no Congresso Nacional o projeto de lei que pode promover grandes avanços no cenário do turismo brasileiro. O PL 2724/2015 transforma a Embratur em uma agência, com mais autonomia e com oportunidade de realizar mais investimentos na promoção internacional do Brasil, atividade fim do órgão. Além disso, promove a abertura de capital das companhias aéreas e uma série de atualizações na Lei Geral do Turismo. Este ano também foi aprovado o acordo Céus Abertos com os Estados Unidos, que promove uma maior liberdade para as companhias aéreas lançarem novos voos para o Brasil. Em novembro, o visto eletrônico foi lançado na Austrália, fazendo com que já não fosse necessário para os turistas daquele país se deslocarem aos consulados para obtenção de vistos de entrada ao Brasil. Este benefício foi estendido ao Japão, Canadá e Estados Unidos no mês de janeiro. Nos dois primeiros meses, janeiro e fevereiro, o número de vistos emitidos para os quatro países cresceu 50%. Todas estas ações, em conjunto, visam estabelecer um melhor ambiente para realização de negócios e atração de turistas no Brasil.

O Ministério do Turismo e a Embratur, agora, buscam desenvolver ações para aumentar a vinda de turistas da China. Atualmente, os chineses são os maiores viajantes internacionais. São 130 milhões a cada ano, mas apenas 0,5% desembarcam no Brasil. Na Argentina, esta semana, a Embratur e o Ministério do Turismo assinaram um acordo para desenvolver uma ação conjunta entre os dois países a fim de atrair a chegada de chineses. No próximo mês, o primeiro passo é realizar a irmanação entre as Cataratas do Iguaçu, atração compartilhada entre os dois países, e a Muralha da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *