Embratur e Portugal - Turismo on line

Gastronomia, estratégia de promoção com Portugal

EMBRATUR ALINHA ESTRATÉGIA DE PROMOÇÃO COM PORTUGAL POR MEIO DA GASTRONOMIA

Representantes da Turismo de Portugal, agência de promoção turística internacional, estiveram reunidos no Instituto para propor ação conjunta de divulgação da culinária dos dois países

Equipe de Portugal esteve na Embratur nesta terça-feira para propor promoção da gastronomia

A gastronomia brasileira está entre os itens mais bem avaliados pelos estrangeiros que viajam para o País. Dos quase 6,6 milhões de turistas internacionais que visitaram o Brasil em 2017, 95,2% avaliaram positivamente a culinária. Em função disso, representantes do Turismo de Portugal, agência de promoção e comercialização do turismo do país, estiveram na Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), nesta terça-feira (24), com o objetivo de alinhar a divulgação desse nicho nas duas nações. Bernardo Cardoso, diretor da instituição portuguesa, apresentou o Prove Portugal, uma mostra da cozinha portuguesa com toque de ingredientes brasileiros, que traduz a potência desta mistura.

De acordo com o diretor de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo da Embratur, Gilson Lira, a percepção do Brasil como destino para viagens de gastronomia assume, cada vez mais, uma importância estratégica na captação de turistas tanto pela descoberta do patrimônio nacional como no enriquecimento da experiência da estadia desses visitantes.

“A iniciativa vem ao encontro do desejo da nossa gestão Embratur em implementar novas formas de promover o Brasil nos mercados internacionais, especialmente os prioritários. Podemos pensar, ainda, em futuras promoções conjuntas entre os dois países”, afirmou Lira.

A apresentação da proposta se baseou no intercâmbio cultural estabelecido entre Brasil e Portugal. A ideia é promover a troca de experiência da gastronomia dos dois países. A ideia do festival, já realizado no Brasil este ano, é reunir, em 2019, grandes nomes da gastronomia portuguesa, cozinhando com chefs brasileiros, e levar os representantes do Brasil para essa troca no mercado português.

“O objetivo é criar uma experiência única, convidando representantes do Brasil a cozinharem em Portugal e, posteriormente, retribuir a visita num intercâmbio gastronômico entre as duas nações. Além da troca de experiência entre os profissionais, queremos levar o melhor da culinária brasileira e seus produtos ao conhecimento dos portugueses, em restaurantes locais, e vice-versa”, informou o diretor da Turismo de Portugal.  “Nos encontros, serão apresentados menus únicos, explorando a criatividade, ingredientes e temperos, numa verdadeira viagem gastronômica”, disse Bernardo Cardoso.

Para Tiago Tomazella, coordenador de Marketing Digital da Embratur, essa é uma oportunidade de fazer de Portugal uma vitrine da gastronomia brasileira. “A culinária do nosso País é tão representativa que pode virar motivo de orgulho para o povo brasileiro, esse que é o nosso melhor comunicador”, destacou durante a reunião. A partir de agora, as duas instituições irão alinhar a promoção do evento para o próximo ano.

Estiveram presentes na reunião: a presidente da Embratur, Teté Bezerra; o diretor Gilson Lira e o coordenador Tiago Tomazella; Bernardo Cardoso, da Turismo de Portugal, e David Seromenho, CEO da empresa portuguesa Cunha Vaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *