Internet e as redes sociais - Turismo on line

Internet & redes sociais. Ferramentas fundamentais para o turismo

WEB – REDES SOCIAIS & TURISMO

 

 

Tem empreendimentos hoteleiros, destinos, roteiros, agências, enfim, empreendimentos do trade de turismo que ainda não acordaram para essa realidade. Sequer participam de feiras de turismo ou tem um profissional especialista em divulgar sua marca. Reclamar não adianta. Um jornalista especialista em turismo aliado as redes sociais são fundamentais. As pessoas são inspiradas por ações, pesquisam e até eventualmente compram suas viagens por meio dessas informações. Além disso, já são 98% das pessoas que preferem fazer essa jornada por meio de um smartphone. Afinal, é mais rápido e prático.

 

 

“Não tem regra para a criatividade”. Esse foi o lema usado pela Account Manager do Facebook, Renata Mendes Cerqueira, durante a palestra ministrada na 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 50º Encontro Comercial Braztoa. “Somos um país com 127 milhões de pessoas ativas por mês no Facebook. Precisamos usar isso a nosso favor”. Para fazer o usuário se tornar um comprador, Renata deu algumas dicas. “Estamos na era dos vídeos. Por que não utilizá-los?”. Segundo ela, vídeos captam a atenção e são muito mais atrativos. Apenas uma foto não cumpre mais esse papel.

 

O áudio também não pode ser essencial, e sim mais um atrativo, afinal, nem todo mundo tem acesso ao som em todos os momentos. E, por final, a dica mais valiosa: sejam criativos e brinquem. Não tenham medo de ser descontraídos e irreverentes. Isso ajuda a construir uma marca que os usuários se identifiquem, tornando-se mais propensos a concluir sua jornada online: comprar e fechar a viagem.

 

 

Já Carlos Julio, CEO da Digital House destacou que “A tecnologia é o drive do nosso relógio do tempo”, destacou Carlos Julio, CEO da Digital House. O Brasil ocupa a terceira posição no ranking dos países onde as pessoas passam mais tempo online: são cerca de 9 horas e 14 minutos por dia na Internet. Um país onde há 210 milhões de habitantes e 237 milhões de smartphones. Nesse contexto do tempo curto para tantas coisas, Carlos Julio destaca o papel que os pós-millennials ocupam na sociedade. “É geração de usuários digitais, em que, para tudo funcionar melhor, deve acontecer a conexão milennials e seniors. Juntos, eles são explosivos, integram uma geração que se preocupa com o fim do mundo, mas não se preocupa com o fim do mês”, ressaltou.

 

 

Fazendo um túnel do tempo, ele percorreu a histórias das revoluções industriais até os dias atuais com a chegada da nova geração, passando pela primeira Revolução Industrial com a força do vapor, depois pela segunda com o aparecimento da eletricidade, na sequência a terceira com o aparecimento da Internet e, agora, pela 4ª Revolução Industrial, com a convergência e exponencialidade. Segundo Carlos Julio, a geração dos chamados pós-millennials consegue resolver problemas antigos com soluções novas, mas, por outro lado, eles não sabem, por exemplo, comprar, vender, demitir ou contratar, porque falta repertório, ressalta.

 

 

ABAV EXPO 2018 ENCERRA COM SUCESSO

 

 

Terminou nesta sexta-feira no forno do Parque Anhembi, em São Paulo, a 46ª ABAV EXPO e a 50º ENCONTRO  BRAZTOA. O evento superou-se recebendo cerca de 23 mil visitantes em três dias de atividades. O número confirma a previsão feita às vésperas da feira, pela Abav Nacional, organizadora do encontro. No balanço dos números finais, os organizadores ressaltaram a presença de 3,2 mil participantes na Vila do Saber e 853 profissionais de imprensa.

 

 

Foram ainda 1183 marcas expositoras, num aumento de 7% em relação ao ano passado. Os indicadores finais apontaram também dados das rodadas de negócios. Nesse setor ocorreram 918 reuniões para negociações, 124 empresas participantes e movimentação financeira estimada de R$ 109 milhões. Para o próximo ano, a Abav Nacional mira um evento cinco vezes maior como meta e voltará acontecer no Expo Center Norte.

 

 

Iniciado na última quarta-feira, 26, o encontro serviu como plataforma para lançamentos de produtos de empresas com diferentes atuações no setor. A nova investida do Nannai Resort, agora em Fernando de Noronha, e as novidades Best Westen são exemplos disso. O evento também foi oportunidade para divulgar algumas atualizações em empreendimentos pelo Brasil, como foi feito por La Torre, Infity Blue e Iberostar.  Além de outros temas de extrema importância, a Vila do Saber trouxe para o debate o tema “Conheça a composição do valor do bilhete e personalize a sua venda”. A palestra foi apresentada por quatro especialistas:  João Pin – integração e desenvolvimento de projetos (Kaizen) e automatização de cobrança online da Lufthansa e Swiss; Luciana Granado, gerente de Distribuição da GOL Linhas aéreas; Reginaldo Silva, gerente geral da Lemontech; e Luiz Fernando Morais, executivo de TI da LATAM.

 

 

Os convidados explicaram que sentar no avião e esperar ele decolar envolve uma operação mais complexa do que pode parecer. Eles contaram um pouco sobre as informações do setor aéreos, quais são os principais players desse segmento e quais são os custos totais que envolve uma viagem de avião. Além disso, os palestrantes explicaram que alinhar as expectativas com o cliente para descobrir seus desejos e preferências deixa as passagens com um preço mais atrativo. “Perguntar o tipo de serviço que o cliente deseja é um ótimo jeito de saber como melhorar o preço da passagem”, comentou Reginaldo Silva.

 

 

COMPETITIVIDADE NO TURISMO BRASILEIRO

 

 

Os desafios do Brasil para avançar com o turismo ainda são muitos. Essa foi a principal conclusão dos palestrantes após o painel “Competitividade no turismo no Brasil”, que teve a participação do presidente da ABAV, Geraldo Rocha; do presidente da ABIH (Associação Brasileira da indústria de Hotéis), Manoel Linhares, e de Marcio Santiago, presidente do Brasil Convention & Visitors Bureau.

 

 

O presidente da ABAV citou que alta taxação de impostos, problemas com a falta de infraestrutura e a falta de comprometimento dos políticos com o setor prejudicam o turismo no país. Por outro lado, afirmou que o turismo é o ramo que melhor se adapta à crise, porque se recupera rápido. Ele citou que, durante a greve dos caminhoneiros, em maio de 2018, enquanto muitos setores ainda estavam parados, o turismo já se movimentava.

 

 

Segundo Manoel Linhares, no país o empresário sofre para conseguir uma linha de crédito devido à alta burocracia. Ele ainda ressalta que é necessário ampliar a eficiência aeroportuária e fortalecer a marca Brasil lá fora. Destacou também a qualificação como fator importante para o setor e elogiou o trabalho diário feito pelo Sebrae. Peru e Colômbia investem mais no turismo que o Brasil. Márcio Santiago elencou que, para ser competitivo, o país precisa investir mais. Questionou que, apesar de pagarmos muitos impostos, pouco retorna para o turismo nas cidades.

 

 

VISIT IGUAÇU

 

 

Foz do Iguaçu, também presente na ABAV EXPO, vem colecionando números expressivos. A cidade conquistou em 2018 a 3ª posição no ranking anual da Associação Internacional de Congressos e Convenções (ICCA), de cidades brasileiras que mais recebem eventos internacionais, ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. Paralelo a isso o Parque Nacional do Iguaçu (PNI) registra um crescimento de 17,7% no volume turístico, num quadro comparativo dos últimos cinco anos. Para estimular o fluxo turístico, a capacitação de agentes de turismo tem sido intensificada.

 

 

Durante os últimos cinco anos, mais de 9,2 mil profissionais tiveram a oportunidade de conhecer melhor sobre o Destino Iguassu e os diversos atrativos que a região oferece. Até então, as capacitações eram feitas presencialmente, em eventos, feiras ou encontros organizados para esta finalidade. A partir de 2019, as barreiras geográficas não vão mais existir e o trabalho desenvolvido pelo setor de Visitors será potencializado.

 

 

DIA MUNDIAL DO TURISMO

 

 

Conhecer a atividade pantaneira de perto, vivenciar experiências, conhecer a lida com o gado, provar da gastronomia local, entre outros, são os objetivos da Cavalgada Pantaneira lançada pelo destino brasileiro do Mato Grosso do Sul na 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo. Edson Lopes, pantaneiro, fez uma apresentação com o uso do berrante explicando os diferentes toques que são usados para manejar o gado e exemplificou as diferenças do som. “Cada som tem um objetivo, seja para sinalizar quando o gado tem uma ponte para passar, ou para indicar se é possível passar por ali, outro toque indica se o gado pode seguir e assim vai”, conta. O estado, que tem fama de hospitaleiro, é muito rico culturalmente porque tem muita influência de países latinos e traz isso para as manifestações culturais e para a gastronomia.

 

Hotel Termas, a melhor água termal do Brasil e a terceira do mundo

 

AÇÕES COM COMPRADORES INTERNACIONAIS

 

 

O Instituto Brasileiro de Turismo convidou 30 hosted buyers para participarem de atividades na semana da ABAV Expo. A ação teve como objetivo principal fomentar negócios, já que a iniciativa coloca frente a frente os compradores internacionais com os fornecedores nacionais. Segundo a presidente da Embratur, Teté Bezerra, as ações com esses profissionais internacionais são fundamentais para apresentar aos mercados principais a diversificação de oferta de destinos e produtos turísticos que o Brasil oferece e possibilitar o aumento do número de turistas internacionais no Brasil, com o fechamento de negócios durante a feira. A ação do programa de hosted buyers da Embratur contou com a parceria da ABAV Nacional. De acordo com o presidente da Associação, Geraldo Rocha, o programa contribui para o avanço do turismo internacional no Brasil.

 

Pensou em reformar? Tudo o que você precisa para construir/reformar sua pousada/hotel/resort, vale a pena no mínimo, consultar

TURISMO NA SERRA CATARINENSE EM ALTA

Hotel Fazenda Boqueirão – Resort de Campo – Ícone do Turismo Rural Nacional

A combinação de clima, belezas naturais, hospitalidade e boa gastronomia faz da Serra catarinense um destino turístico bastante procurado em qualquer época do ano. Todavia, no inverno, com muito potencial e oportunidades a serem exploradas pelos empresários e setor público, conforme apontou a pesquisa da Fecomércio SC. A parcela de visitantes que citou o ecoturismo, turismo de aventura e o turismo gastronômico como motivo para a visita mais do que triplicou: chegou a 24,3% neste ano.

Só o ecoturismo evoluiu de 3,4% para 10,8%. Embora o inverno seja o carro-chefe (52,1%), os dados sinalizam para a importância da dessazonalização do turismo na Serra, ou seja, não concentrar em apenas uma estação.

Pedra Furada – Urubici – SC

A descentralização dos destinos também foi diagnosticada na pesquisa. Espontaneamente, os visitantes apontaram 60 pontos turísticos diferentes, 47,5% em Urubici, com destaque para a Cachoeira do Avencal, a Serra do Corvo Branco e a Cascata Véu de Noiva. Segundo Rogerio Silveira, CEO do Hotel Fazenda Boqueirão, que tem mantido praticamente 100% de ocupação e que durante a semana ainda oferece 50% de desconto nas diárias, afirma que: “Nós mantemos um trabalho constante na qualidade, hospitalidade, gastronomia, lazer… a fim de que o nosso próprio hóspede seja a nossa melhor fonte de referência, uma vez que turista bem acolhido fomenta o turismo interno, retornando e também desfrutando diferentes destinos em nossa Santa e bela Catarina em todas as estações”. 

 

BALNEÁRIO CONVENTION

Em julho, o Ministério do Turismo entrou com pedido para conceder certificação internacional de pureza das águas para 15 praias no país. Entre elas, nove foram aprovadas e três delas ficam na região turística Costa Verde & Mar, em Santa Catarina. São elas: Estaleiro e Estaleirinho, em Balneário Camboriú, além da Praia de Balneário Piçarras. A inclusão foi motivo de comemoração no Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau. As praias foram aprovadas pelo júri internacional do programa Bandeira Azul em Copenhague, na Dinamarca. A certificação consagrara a beleza e estrutura das três orlas catarinenses pela primeira vez. O certificado também engloba marinas e a Marina Tedesco, em Balneário Camboriú, está entre as cinco habilitadas no país.

 

A certificação internacional Bandeira Azul é um programa ambiental destinado a praias e marinas. O objetivo é elevar o grau de conscientização dos cidadãos e dos tomadores de decisão para a importância de proteger o ambiente marinho e costeiro, além de incentivar ações que conduzam à resolução de conflitos exigentes. O programa teve início na Europa, em 1987, mas começou a ser aplicado apenas em 2004 no Brasil. Também recebem o certificado Bandeira Azul outras praias de Santa Catarina. São elas: Praia de Palmas e Praia Grande, ambas em Governador Celso Ramos, e a Lagoa do Peri, em Florianópolis, além do Iate Clube de Santa Catarina, em Florianópolis, na categoria Marinas.

 

VINHO BRASILEIRO NA VITRINE INTERNACIONAL

Colocando os vinhos e espumantes brasileiros na vitrine internacional, a primeira edição da Wine South America terminou em Bento Gonçalves (RS), destacando as qualidades dos rótulos nacionais – em uma força-tarefa para contribuir com a continuidade do crescimento do setor e a geração de oportunidades de negócios. Além de potencializar a prospecção comercial, a Wine South America é um importante instrumento de promoção e divulgação para o setor – um verdadeiro momento de integração que colabora de forma determinante para o desenvolvimento da região, estado e país, na opinião do presidente do Ibravin, Oscar Ló. Itália e Brasil também estão unidos, agora, pela associação Città del Vino.

TOMATO CUCINA & VINO

Foto: Michel Téo

Falando em vinho e alta gastronomia, inaugurado em junho, no centrinho da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, o restaurante Tomato Cucina & Vino conquistou paladares e já está sendo considerada uma das melhores casas de comida italiana da cidade – ajudando a qualificar o perfil gastronômico do bairro. Quem passa por ali é seduzido pelos melhores sabores e agraciado com o atendimento simpático do casal de empresários Luciana Melo e Joshua Stevens, que também comanda a rede de cafeteria Café Cultura. Segundo eles a ideia foi fazer com que o Tomato se tornasse uma opção diferenciada na cidade, satisfazendo todos os sentidos de quem busca experiências que vão muito além de uma simples refeição. “Fizemos tudo com muito carinho para que se tornasse um lugar gostoso, onde as pessoas se sintam bem e queiram voltar sempre”, explica Joshua.

E a aposta vem dando tão certo que o restaurante já conquistou clientes fiéis, que fazem questão de retornar e indicam o local para parentes e amigos. Toda a personalidade da casa pode ser conferida em uma diversidade de antepastos, saladas, pastas e massas, até opções com peixes, frutos do mar, carnes e sobremesas. E se não bastasse tanto sabor, o cliente também é surpreendido pela apresentação dos pratos, que chegam à mesa em frigideiras, que além de ajudarem a manter o alimento aquecido, dão aquele ar de comidinha feita em casa. Tudo isto foi pensado a partir de memórias afetivas de infância de Joshua, que cresceu ao lado do avô italiano, tendo sempre a mesa farta, com a família reunida e suas tradições. Desta forma, o restaurante tem conseguido seguir a linha comfort food, que busca despertar emoções através do paladar, com pratos que remetem a momentos especiais vividos pelas pessoas.

30ª EDIÇÃO FESTIVAL BONECOS DE CANELA

Apesar das incertezas que vive a cultura em nosso país e com a captação de recursos dificultada, principalmente pela campanha eleitoral, o evento será viabilizado por que o Prefeito de Canela Constantino Orsolin e o Secretário Municipal de Turismo e  Cultura Angelo Sanches, tiveram muita sensibilidade e levaram em consideração a importância do Festival para a cidade e para a comunidade, destinando verba, oriunda do Parque do Caracol, tornando possível a realização. São 30 anos ininterruptos, o que, no Brasil, é uma grande conquista. Uma edição super especial se faz necessário e, então, o Bonecos Canela levará cultura para o povo, com todos os espetáculos na Praça João Corrêa, sem cobrança de ingresso e mais de 500 cadeiras disponíveis. A ideia da organização do evento é sair do “lugar comum”.

O Festival terá inicio na quinta-feira, 18, às 20h30, contará com cerca de 6 espetáculos por dia, além do grande Desfile de Bonecos. O Secretário Municipal de Turismo e Cultura Angelo Sanches diz que: “A importância de sua secretaria, bem como da Prefeitura Municipal estar presente neste evento mostra, mais uma vez, que a Administração Municipal está investindo para que eventos, como o Bonecos Canela, que representam grandes valores culturais e envolvem artistas locais não deixem de existir.  Nós não poderíamos fechar os olhos para os 30 anos do evento. Realocamos verbas para que o Bonecos Canela aconteça e esta é nossa obrigação. Esses 30 anos ficarão para a história”. A programação do evento estará disponível a partir de 1º de outubro no site www.bonecoscanela.com.br

Bolo de Fubá com cobertura de doce de amora. Pensa num bolo espetacular – Bolo da Madre – São José – SC

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *