Exigidos ao extremo numa sociedade de afazeres e obrigações múltiplas, é cada vez maior o número de pessoas que reclamam de que suas vidas perderam o sentido existencial. Aclimatadas ao frenético movimento das grandes urbes, deixaram-se intoxicar pelas exigências e necessidades de  destaque e posse, acúmulo de bens materiais eRead More →