EMBRATUR - Turismo on line

Missão de negócios na China. Ampliação de negócios com o Brasil

EMBRATUR REALIZA MISSÃO DE NEGÓCIOS NA CHINA PARA AMPLIAR A COMERCIALIZAÇÃO DO DESTINO BRASIL

 

Em parceria inédita com a Argentina, Instituto e empresários do trade brasileiro passam por quatro cidades da China para promover seus atrativos

Diretora de Mercados Internacionais da Inprotur Argentina, Nachi Vilardo, e o coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo da Embratur, Alisson Andrade 

Cerca de 600 representantes de empresas do trade turístico chinês participaram de roadshows promovidos pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), entre os dias 14 e 23 de maio, nas cidades de Pequim, Shanghai, Cantão e Hong Kong. Em parceria com a Argentina, destinos e atrativos dos dois países sul-americanos foram apresentados a empresas, operadores, emissivos, agências governamentais, agências de turismo e companhias aéreas chinesas. 

A EMBRATUR considera uma missão ousada, por estar em lugares onde o Brasil ainda não havia sido promovido pela Embratur. Além disso, é um mercado com características muito peculiares em relação a outros mercados tradicionais. Para o chinês, o Brasil ainda é um mistério. Por isso, nessa missão, teve a chance de apresentar e revelar o quão interessante nosso País é. Hoje, a China é o principal parceiro comercial do Brasil e se quer fortalecer negócios no setor do turismo também. As relações entre os países são muito boas. O povo chinês vê o brasileiro com bons olhos. 

Dando continuidade às ações de promoção conjunta de Brasil e Argentina na China, a comitiva trabalhou, em especial, Foz do Iguaçu, destino compartilhado entre ambos e uma das sete maravilhas da natureza do mundo. 

“No mercado chinês é importante explorar o segmento de Ecoturismo, com foco em destinos de natureza. O turista chinês busca pelo mundo destinos únicos, onde ele vai ter experiência em contato com a natureza, de uma forma muito particular. E, hoje, o Brasil, que é o número um em recursos naturais, tem atrativos que não se compara a nenhum outro lugar, principalmente pelo tamanho do nosso País e pelo o que temos a oferecer. O potencial de oferta que o Brasil tem combinado com a Argentina é imbatível a outros concorrentes”, explicou o coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo da Embratur, Alisson Andrade. 

Além das capacitações ministradas, o coordenador da Embratur esteve reunido com representantes da Embaixada do Brasil em Pequim e com os consulados-gerais das três cidades chinesas, para alinhar estratégia de promoção do Brasil no país. Além disso, eles debateram a possibilidade de mais eventos futuros para promover os destinos brasileiros na China.   

Atualmente, a China emite para o mundo mais de 135 milhões de turistas e são aqueles que mais gastam em suas viagens. Desses, vêm para o Brasil cerca de 60 mil todo ano. “Isto é, o que recebemos está muito aquém daquilo que a gente poderia receber”, destacou Alisson. O objetivo dessa missão foi levar o setor privado brasileiro para trocar experiência com o trade chinês e fazer negócios.  

Além de Foz do Iguaçu, outros destinos que também são demandados pelo público chinês, foram apresentados ao trade como é o caso de Rio de Janeiro, Manaus e o Pantanal, conhecidos por oferecer atrativos com foco nos segmentos de Ecoturismo e Turismo de Aventura. Após as apresentações, os empresários brasileiros presentes na missão se encontravam com os representantes do trade chinês para rodada de negócios, evento de networking e de relacionamento para aprofundar a relação entre as duas nações. 

De acordo com o representante da Embratur na ação, a atuação no mercado chinês se deu em um momento propício, já que, no fim do ano passado, houve facilitação do visto brasileiro para viagens com o período mais extenso de entrada e de múltipla entrada. “O conjunto desses fatores abre uma excelente janela de oportunidade que é a potência chinesa. Eles viajam e gastam cada vez mais”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *